Bolsas europeias fecham em forte queda

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 17:01 BRST
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em forte queda nesta segunda-feira, com preocupações sobre o futuro da Grécia na zona do euro e o tombo dos preços do petróleo e do cobre golpeando os setores financeiro e de commodities.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3, que reúne os principais papéis do continente, caiu 2,25 por cento, a 1.332 pontos.

Já o índice de blue-chips da zona do euro Euro STOXX 50 .STOXX50E perdeu 3,7 por cento, maior queda percentual desde o fim de 2011. O índice grego ATG .ATG perdeu 5,6 por cento, com National Bank (NBGr.AT: Cotações), Bank of Piraeus (BOPr.AT: Cotações) e Alpha Bank (ACBr.AT: Cotações) caindo entre 5,2 e 7,4 por cento.

"O avanço do partido Syriza, antiausteridade, fez os operadores se arrepiarem. Uma vitória de um partido esquerdista não significa automaticamente que a Grécia (deixará a zona do euro), mas operadores certamente não veem isso dessa maneira", disse o analista Alastair McCraig, da IG.

Ações de energia e mineração foram as que mais sofreram. Os índices europeus de petróleo e gás natural e de matérias-primas caíram 4,9 e 3,6 por cento, respectivamente, após o excesso de oferta global levar os preços do petróleo LCOc1 à mínima em cinco anos e meio e o cobre CMCU3 atingir o menor nível em quatro anos e meio devido ao fortalecimento do dólar.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE recuou 2,00 por cento, a 6.417 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX .GDAX caiu 2,99 por cento, a 9.473 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 .FCHI perdeu 3,31 por cento, a 4.111 pontos.   Continuação...