China deve elevar importações de trigo de alto teor de proteína

terça-feira, 6 de janeiro de 2015 09:31 BRST
 

PEQUIM/CINGAPURA (Reuters) - Compradores chineses de trigo deverão elevar as importações de grãos de maior qualidade para fazer frente a uma escassez doméstica, apesar da previsão de queda no total das compras externas este ano devido a uma grande produção local, disseram analistas e operadores.

A China, maior produtor e consumidor mundial de trigo, tem registrado colheitas recordes nos últimos anos, mas enfrenta uma falta de grãos de alto teor de proteínas que necessita para atender o crescente apetite por massas e pães, em meio a um aumento do poder de compra dos consumidores.

"O trigo duro vermelho de primavera está muito em falta aqui no mercado doméstico porque a produção própria da china de trigo de alta qualidade não é satisfatória", disse um analista de um órgão oficial de pesquisa, que pediu para não ser identificado.

Mais demanda por trigo de alto teor de proteína pode elevar os preços do trigo de primavera negociado na bolsa de Mineápolis, que subiram 2,2 por cento esta semana, além de dar sustentação aos futuros do trigo vermelho duro de inverno na bolsa do Kansas, que avançaram 1,5 por cento.

A China comprou cerca de 120 mil toneladas de trigo duro nos últimos dias, disseram operadores europeus na segunda-feira.

"Estamos vendo mais negócios sendo feitos com a China em contêineres e a granel do que tínhamos visto em muito tempo", disse um operador de grãos em Sydney.

Um operador de Cingapura disse que "há bastante trigo para ração ou de qualidade mediana, mas quem for procurar trigo de alto teor de proteína terá que pagar um prêmio".

(Por Niu Shuping e Naveen Thukral)