Dólar cai 0,25% sobre o real, com nova equipe da Fazenda

terça-feira, 6 de janeiro de 2015 17:16 BRST
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em queda ante o real nesta terça-feira, interrompendo duas sessões seguidas de alta, com o relativo bom humor com a equipe do novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, compensando o quadro de aversão ao risco nos mercados externos diante da persistente queda dos preços do petróleo.

A moeda norte-americana caiu 0,25 por cento, a 2,7019 reais na venda, após chegar a 2,7240 reais na máxima da sessão. Na mínima, foi a 2,6920 reais.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,4 bilhão de dólares.

"Agora, esperamos que o dólar fique girando em torno de 2,70 reais porque o cenário externo continua muito conturbado. Hoje tivemos um alívio em função do bom humor com a equipe do Levy, mas não vejo o dólar caindo muito mais do que isso", afirmou o superintendente de câmbio da corretora Intercam, Jaime Ferreira.

Na véspera, Levy anunciou Marcelo Barbosa Saintive como o novo secretário do Tesouro Nacional, no lugar de Arno Augustin, e Jorge Rachid para a Receita Federal. Os nomes foram bem recebidos pelo mercado, que vem buscando sinais de comprometimento com as metas fiscais, em meio ao quadro de inflação alta e crescimento baixo.

Mas investidores ainda mostravam dúvidas sobre a capacidade do governo de cumprir a meta de superávit primário equivalente a 1,2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. Além disso, dúvidas sobre a disposição da presidente Dilma Rousseff de aceitar medidas de contração fiscal limitavam o bom humor.

No mercado externo, o ânimo ainda era negativo, diante da persistente queda dos preços do petróleo, que renovava as mínimas em cinco anos e meio.

"O mercado (brasileiro) abriu pressionado por causa do exterior, mas não conseguiu se firmar. Parece que o anúncio da equipe (de Levy) está levando alguns a venderem dólares quando sobe muito acima de 2,70 reais", disse o operador de câmbio de um importante banco nacional.   Continuação...