Wall St recua pela 5º sessão seguida, preços do petróleo caem ainda mais

terça-feira, 6 de janeiro de 2015 20:30 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em queda pela quinta sessão seguida nesta terça-feira, após dados mostrarem desaceleração no ritmo de crescimento do setor de serviços nos EUA e de nova queda nos preços do petróleo.

A sequência de queda é a mais longa para o S&P 500 em cerca de 13 meses, mas o índice fechou acima das mínimas da sessão. O S&P chegou a cair 1,4 por cento nesta terça-feira.

O índice Dow Jones caiu 0,74 por cento, a 17.371 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,89 por cento, a 2.002 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 1,29 por cento, a 4.592 pontos.

Dados divulgados nesta terça-feira apontaram para uma desaceleração no crescimento dos EUA no quarto trimestre. O ritmo de expansão do setor de serviços foi moderado em dezembro e as novas encomendas por bens manufaturados caíram pelo quarto mês consecutivo em novembro.

O S&P 500 acumula queda de 4,2 por cento nas últimas cinco sessões, após o Dow Jones e o S&P 500 registrarem na segunda-feira as maiores quedas desde o início de outubro.

Entre as maiores influências negativas, o índice do setor de energia do S&P caiu 1,3 por cento uma vez que os preços do petróleo recuaram ainda mais devido a preocupações com o excesso de oferta. O petróleo nos EUA fechou a 47,93 dólares o barril, em queda de 4,2 por cento.

"Parece ser sobre os preços do petróleo. O grande debate é o que isso significa e se há uma desaceleração econômica global massiva", disse o diretor de investimento da North Star Investment Management Corp, Eric Kuby.

"Além disso, as notícias econômicas têm sido moderadamente decepcionantes", ele disse.