Ações da Portugal Telecom SGPS sobem após manutenção de data de assembleia

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015 08:15 BRST
 

LISBOA (Reuters) - A Portugal Telecom SGPS disse na véspera que a assembleia de acionistas marcada para a próxima semana para aprovar a venda de seus antigos ativos pela parceira brasileira Oi ocorrerá como previsto, contrariando especulações da mídia de que a votação poderia ser adiada e dando impulso às ações da companhia nesta quinta-feira.

Os papéis, que haviam caído mais de 20 por cento para mínimas recordes na quarta-feira, subiam 5,67 por cento às 08h13 (horário de Brasília), a 0,69 euro, tendo chegado mais cedo a 0,714 euro.

A alta também era apoiada por uma proibição da venda a descoberto das ações da Portugal Telecom (PT) pelo regulador do mercado português CMVM para esta quinta-feira.

Os acionistas precisam aprovar uma venda de 7,4 bilhões de euros dos ativos portugueses ao grupo de telecomunicações Altice.

O Conselho da Portugal Telecom SGPS disse que a assembleia seguirá em frente, que não via motivos para adiá-la e que apenas os próprios acionistas poderiam decidir suspendê-la.

O Conselho disse, no entanto, que uma aprovação da venda pelos acionistas significaria abandonar o objetivo da fusão acordada no ano passado com a Oi, que visava criar uma operadora global líder, com cerca de 100 milhões de clientes.

A PT SGPS é a maior acionista individual da Oi, com uma participação de 25,6 por cento. A Oi passou a deter a PT Portugal, os ativos operacionais que pertenciam à PT SGPS antes da fusão. A Oi fechou a venda desses ativos à Altice, mas o negócio depende da aprovação dos acionistas da PT SGPS.

(Por Andrei Khalip)