Exportação de carne do Brasil fecha 2014 com alta de 3,3% em volume, diz Abiec

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015 17:01 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil elevou as exportações de carne bovina em 2014 em 3,3 por cento ante 2013, para 1,56 milhão de toneladas, tendo registrado um de seus melhores anos da história no embalo de vendas fortes especialmente para Hong Kong, informou nesta quinta-feira a Abiec, associação que representa o setor.

O volume total vendido pelo país para todos os destinos ficou apenas um pouco abaixo do recorde registrado em 2007, quando os embarques somaram 1,62 milhão de toneladas.

O Brasil exportou para Hong Kong, o principal importador da carne brasileira, cerca de 400 mil toneladas, aumento de 9 por cento na comparação com o ano anterior --parte das exportações para Hong Kong acaba sendo direcionada para a China continental.

A Rússia foi o segundo maior mercado para a carne bovina em 2014, com 315 mil toneladas (aumento de 3 por cento).

Em receita, as exportações brasileiras de carne bovina atingiram a marca de 7,2 bilhões de dólares, um novo recorde, com crescimento de 7,7 por cento ante 2013, diante de bons preços do produto.

Hong Kong respondeu por 1,7 bilhão de dólares das vendas brasileiras, crescimento de 17 por cento na comparação anual, enquanto o total faturado em negócios com a Rússia atingiu 1,3 bilhão de dólares, alta de 8 por cento.

"Para 2015, acreditamos na continuidade do cenário positivo para a agropecuária brasileira com perspectivas ainda mais otimistas para superar novos recordes de exportações...", disse em nota o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli.

A associação reiterou expectativa de crescimento em 2015 para 8 bilhões de dólares e 1,7 milhão de toneladas.

(Por Roberto Samora)