9 de Janeiro de 2015 / às 10:08 / 3 anos atrás

EUA devem apresentar forte criação de vagas em dezembro, com taxa de desemprego a 5,7%

WASHINGTON (Reuters) - O crescimento do emprego nos Estados Unidos provavelmente permaneceu forte em dezembro, deixando a economia no caminho de um ritmo mais forte de expansão neste ano, mesmo que a situação global mostre sinais de fraqueza.

Os empregadores devem ter criado 240 mil vagas no mês passado após aumento de 321 mil postos em novembro, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas.

Se confirmado, será o 11º mês de criação de vagas acima da marca de 200 mil, a mais longa série desde 1994, e reforça as visões de que os fundamentos da economia estão fortes o suficiente para enfrentar a turbulência na Europa, Japão e China, bem como em alguns mercados emergentes.

"Os EUA são como um tipo de ilha de força relativa em um mar global bastante agitado. As pessoas estão preocupadas que os problemas no exterior possam afligir os EUA, mas nossos fundamentos domésticos são bastante sólidos e devem compensar isso", disse o economista-chefe global do Deutsche Asset & Wealth Management Josh Feinman.

A expectativa é de que a pesquisa mostre que a criação de vagas em 2014 foi a mais forte desde 1999.

A projeção para a taxa de desemprego é de recuo de 0,1 ponto percentual, para 5,7 por cento em dezembro, o menor nível desde junho de 2008.

O Departamento do Trabalho publicará os dados às 11h30 (horário de Brasília).

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below