Perdas do Santander e do petróleo fazem índice europeu de ações fechar semana em queda

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 15:23 BRST
 

Por Francesco Canepa e Lionel Laurent

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em queda nesta sexta-feira e terminou a primeira semana de 2015 no vermelho, pressionado por petroleiras e pelo espanhol Santander após seu aumento de capital.

O alívio após números mais fortes que o esperado sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos se mostrou efêmero, com o índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, fechando em queda de 1,66 por cento, a 1.345 pontos.

Ações de bancos da zona do euro, que caíram 5,1 por cento, continuaram pesando, diante de menores expectativas de um programa de compra de títulos do Banco Central Europeu, enquanto o papel do Santander caiu mais de 14 por cento após anunciar aumento de capital e corte do dividendo.

Operadores disseram que o preço descontado do aumento de capital do Santander havia prejudicado a ação, mas alguns analistas afirmaram que a decisão vai valer a pena.

O setor também foi pressionado após fontes próximas às discussões dizerem à Reuters que um programa do BCE de compra de títulos pode fazer bancos centrais nacionais comprarem alguns dos bônus, estabelecendo 500 bilhões de euros (590 bilhões de dólares) como referência para o montante do estímulo.

O mercado brevemente reduziu as perdas após o crescimento do emprego nos EUA acelerar firmemente em dezembro, fortalecendo os fundamentos da economia.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,05 por cento, a 6.501 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,92 por cento, a 9.648 pontos.   Continuação...