Petrobras inicia instalação de equipamentos para elevar produção no pré-sal

terça-feira, 13 de janeiro de 2015 16:31 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras iniciou a instalação de equipamentos na área de Sapinhoá Norte, no pré-sal da Bacia de Santos, com o objetivo de aumentar a produção da plataforma Cidade de Ilhabela dos atuais 30 mil barris de petróleo por dia (bpd) para sua capacidade máxima de até 150 mil bpd.

A informação foi publicada, nesta terça-feira, pela estatal, que nos últimos dias tem intensificado a quantidade de comunicados sobre suas atividades operacionais.

Em novembro do ano passado, quando colocou a plataforma Cidade de Ilhabela em operação, a Petrobras informou que seu pico de produção seria atingido no segundo semestre deste ano. A unidade está arrendada por consórcio formado pela Queiroz Galvão Óleo e Gás (QGOG) com a SBM Offshore.

Um total de 10 risers, dutos que conectam poços a plataformas, começaram a ser instalados a uma profundidade de 2.240 metros na sexta-feira. A instalação será realizada pelo navio de lançamento FDS-2, da empresa Saipem.

As instalações, segundo a Petrobras, fazem parte dos planos traçados para o pré-sal em Santos e asseguram "uma contribuição relevante para a curva futura de produção da área".

Sapinhoá é operado pela Petrobras, com 45 por cento de participação, tendo como parceiras a BG, com 30 por cento, e a Repsol Sinopec , com 25 por cento.

(Por Marta Nogueira)