Índice europeu de ações cai 1,5% por preocupação com crescimento global

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 16:43 BRST
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em forte queda nesta quarta-feira, pressionado por preocupações com o ritmo do crescimento global alimentadas por números fracos sobre vendas no varejo nos Estados Unidos e após o Banco Mundial cortar sua projeção de expansão

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, caiu 1,49 por cento, a 1.355 pontos.

Ações de grandes mineradoras tombaram. O papel da Glencore caiu 9,28 por cento, chegando a alcançar a mínima histórica e a ação da Anglo American recuou 8,99 por cento, enquanto os preços do cobre derretiam 6 por cento à medida que investidores reduziam sua exposição ao metal industrial.

A mineração de cobre representou quase dois quintos do lucro operacional da Glencore no primeiro semestre de 2014 e cerca de um quarto do lucro da Anglo.

Ações de importantes produtores de petróleo também recuaram nesta quarta-feira, acompanhando a recente baixa dos preços do petróleo. O papel da Royal Dutch Shell caiu 3,32 por cento, o da BP perdeu 3,57 por cento e o da Eni desceu 2,95 por cento.

O Banco Mundial reduziu na terça-feira sua previsão de crescimento global para 2015 e 2016 devido a perspectivas econômicas decepcionantes na zona do euro, no Japão e em outras economias emergentes importantes, que compensam o benefício de preços de petróleo mais baixos.

Somando-se às preocupações, as vendas no varejo nos EUA tiveram em dezembro o maior declínio em 11 meses, com ampla queda da demanda, golpeando as expectativas de aceleração forte dos gastos do consumidor no quarto trimestre.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 2,35 por cento, a 6.388 pontos.   Continuação...

 
REUTERS/Remote/Pawel Kopczynski   (GERMANY - Tags: BUSINESS)