Preço do etanol cai ao nível mais baixo em 9 anos na bolsa de Chicago

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015 16:42 BRST
 

CHICAGO (Reuters) - Os contratos futuros de etanol caíram para os níveis mais baixos em quase uma década nesta quarta-feira, após dados do governo norte-americano mostrarem a maior oferta do combustível em cerca de um ano no país, disseram operadores.

O Administração de Informação de Energia (AIE) informou que os estoques de etanol subiram 1,38 milhão de barris, para 20,23 milhões de barris, na semana que terminou em 9 de janeiro.

O aumento no comparativo semanal foi de mais de 7 por cento, o maior desde que a AIE começou a acompanhar os dados em 2010, enquanto a média de produção diária aumentou em 29 mil barris por dia, para 978 mil bpd.

O aumento da oferta ocorre em um momento em que o etanol está sendo negociado com um raro prêmio sobre a gasolina, que está ajudando a conter a demanda do biocombustível.

A queda no preço do petróleo e da gasolina também tem sido uma questão para indústria de combustíveis alternativos, dizem os especialistas.

O contrato para fevereiro em Chicago caía 5,88 por cento por volta das 15h48 (horário de Brasília), a 1,328 dólar por galão, após atingir 1,29 dólar por galão, o menor nível desde junho de 2005.

(Reportagem de Michael Hirtzer)

 
Foto de arquivo de fábrica de processamento de cana da brasileira Da Mata, na cidade de Valparaíso (SP). REUTERS/Paulo Whitaker/Files (BRAZIL - Tags: BUSINESS TRANSPORT COMMODITIES ENERGY ENVIRONMENT)