OMC decide contra restrições às importações impostas por Argentina, dizem EUA

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 17:00 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - A Organização Mundial do Comércio (OMC) confirmou que a Argentina perdeu ação apresentada por Estados Unidos, União Europeia e Japão contra regras de licenciamento usadas pelo país sul-americano para restringir importações, informou o representante comercial norte-americano nesta quinta-feira.

O representante comercial dos EUA disse que a OMC manteve um relatório anterior de seu painel que afirmava que as exigências de licenciamento de importação da Argentina e outras restrições ferem as regras do comércio internacional.

"Os Estados Unidos comemoram as conclusões da OMC nessa disputa", disse o representante comercial dos EUA, Michael Froman, em comunicado. "As medidas protecionistas da Argentina impactam um segmento amplo de exportações dos EUA, afetando potencialmente bilhões de dólares em exportações dos EUA a cada ano que sustentam empregos de alta qualidade da classe média norte-americana."

(Reportagem de Krista Hughes)

 
REUTERS/Ruben Sprich  (SWITZERLAND - Tags: POLITICS BUSINESS) - RTXYENF