Queda nos preços da zona do euro em dezembro é confirmada antes de decisão do BCE

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015 08:35 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - Os preços ao consumidor na zona do euro caíram em dezembro pela primeira vez desde 2009, confirmou a agência de estatísticas da União Europeia nesta sexta-feira, antes da decisão do Banco Central Europeu na próxima semana de começar a imprimir dinheiro para fazer os preços subirem de novo.

A Eurostat confirmou sua estimativa anterior de que os preços ao consumidor nos 18 países que usam o euro caíram em dezembro 0,1 por cento sobre o mês anterior e recuaram 0,2 por cento na comparação anual.

A última vez que os preços caíram na zona do euro foi em outubro de 2009, quando o recuo na base anual foi de 0,1 por cento.

Os dados da Eurostat mostraram que os preços da energia despencaram 3,3 por cento na base mensal, com declínio anual de 6,3 por cento, sendo que os combustíveis para transporte tiveram queda de 10,8 por cento na comparação anual e o óleo para aquecimento, de 20,4 por cento.

Os alimentos não processados ficaram 1,0 por cento mais baratos do que um ano antes e o tabaco também ficou 0,2 por cento mais barato.

Entretanto, sem os voláteis preços da energia e dos alimentos não processados, o núcleo da inflação subiu 0,3 por cento na comparação mensal, com alta de 0,7 por cento na base anual, mesma taxa de outubro e novembro.

O BCE quer manter a inflação abaixo mas perto de 2 por cento no médio prazo e está preocupado que se a inflação permanecer muito baixa por muito tempo, isso possa mudar as expectativas de alta dos preços dos consumidores levando à deflação, quando eles evitam as compras esperando que os preços caiam.

Os mercados esperam que o BCE anuncie na próxima semana que começará a imprir dinheiro para comprar títulos do governo em países da zona do euro para inundar a economia com dinheiro buscando impedir tal cenário.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

 
Logo do Euro em frente ao prédio do BCE, em Frankfurt. 08/01/2013 REUTERS/Kai Pfaffenbach