Presidente da Renault vê 6% de participação de mercado na China como muito provável

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 12:56 BRST
 

PARIS (Reuters) - A montadora francesa Renault é capaz de alcançar uma participação de mercado de 6 por cento na China, onde planeja lançar seus primeiros modelos produzidos localmente a partir do próximo ano, disse o presidente-executivo da companhia, Carlos Ghosn, nesta segunda-feira.

"Na China, nós vamos ter um mínimo de 3 por cento e muito provavelmente 6 por cento do mercado", disse ele. "Isso é um monte de carros, e isso significa que você pode esperar um programa de investimentos maciço na China nos próximos anos."