Lucro do Morgan Stanley sobe com queda de custos legais

terça-feira, 20 de janeiro de 2015 10:59 BRST
 

(Reuters) - O lucro trimestral do Morgan Stanley subiu apoiado em queda acentuada dos custos do banco com questões legais, o que minimizou o impacto de um grande recuo na receita da divisão que negocia bônus, moedas e commodities.

O Morgan Stanley teve lucro atribuível a detentores de ações ordinárias de 920 milhões de dólares, ou 0,47 dólar por papel, no quarto trimestre, ante 36 milhões de dólares, ou 0,02 dólar por ação, um ano antes.

As despesas legais do banco caíram de 1,4 bilhão para 284 milhões de dólares no período.

O banco informou que a receita com negociação de ativos de renda fixa, moedas e commodities caiu 81 por cento, para 133 milhões de dólares, excluindo ajustes contábeis.

Mercados voláteis abalados por uma série de fatores como queda dos preços do petróleo e crise política na Grécia assustaram investidores no mês passado, o que impactou a receita com negociações dos bancos dos Estados Unidos, incluindo o Goldman Sachs, arquirrival do Morgan Stanley.

(Por Tanya Agrawal e Lauren Tara LaCapra)

 
REUTERS/Mike Blake