Sudeste/Centro-Oeste teve recorde de carga de energia às 14h32 da 2a-feira, diz ONS

terça-feira, 20 de janeiro de 2015 14:43 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Sudeste/Centro-Oeste do Brasil registrou recorde de carga de energia elétrica às 14h32 da segunda-feira, minutos antes do blecaute que atingiu essas regiões e o Sul, segundo o relatório do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), divulgado nesta terça-feira.

O ONS informou na segunda-feira que ordenou o corte de carga para normalizar a frequência do sistema interligado nacional. Uma redução da frequência do sistema ocorreu diante de aumento da demanda por energia no horário de pico e restrição na transferência de energia das regiões Norte e Nordeste para o Sudeste, com posterior perda de unidades geradoras de algumas usinas.

Segundo o ONS, o recorde de carga atingido na segunda-feira no Sudeste foi de 51.596 megawatts (MW), ante recorde anterior de 51.295 MW registrado em 13 de janeiro de 2015.

Às 15h34, foi a região Nordeste que registrou recorde de carga, com um valor de 12.166 MW, ante recorde anterior de 11.999 MW ocorrido em 14 de janeiro de 2015.

Recordes de carga costumam ocorrer durante dias do mês de janeiro, motivados pelas temperaturas também altas que elevam o consumo de eletricidade, em parte motivado pelo uso intenso de equipamentos de refrigeração.

O ONS realiza nesta terça-feira reunião com o objetivo de identificar quais as possíveis causas do incidente da segunda-feira. O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse no final da segunda-feira que havia ocorrido um problema em um banco de capacitores em uma linha de transmissão operada por Furnas, empresa do sistema Eletrobras, durante um pico de consumo.

Os recordes de temperatura têm ocorrido em período em que as chuvas estão abaixo da média, com exceção da região Sul, e o nível dos reservatórios das hidrelétricas estão sendo preservados com a redução da geração por essas usinas.

(Por Anna Flávia Rochas)