Obama diz que EUA precisam remodelar economia para ajudar classe média

terça-feira, 20 de janeiro de 2015 21:54 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano, Barack Obama, vai dizer aos norte-americanos nesta terça-feira que os Estados Unidos precisam remodelar sua economia para ajudar a classe média e "virar a página" da recessão e da guerra, de acordo com trechos do seu discurso do Estado da União divulgados pela Casa Branca.

"Neste momento, com uma economia em crescimento, déficits em queda, uma indústria movimentada e uma produção de energia em expansão, saímos da recessão mais livres para escrever nosso próprio futuro do que qualquer outra nação na Terra", disse Obama, de acordo com trechos do discurso.

"Agora, cabe a nós escolher quem queremos ser ao longo dos próximos 15 anos e das próximas décadas."

Obama também diz na mensagem que os EUA estão contendo o avanço dos militantes do Estado Islâmico no Iraque e na Síria, mas que o processo levará tempo. Ele pede ao Congresso para aprovar uma resolução autorizando o uso da força contra o grupo.

Obama também pressiona o Congresso a aprovar uma legislação para impedir ataques cibernéticos.

"Se não agirmos, vamos deixar a nossa nação e a nossa economia vulneráveis. Se fizermos isso, podemos continuar a proteger as tecnologias que desencadearam inúmeras oportunidades para as pessoas ao redor do mundo."

(Reportagem de Roberta Rampton e Jeff Mason)

 
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participa de um evento na faculdade de Pellissippi, em Knoxville, no Tennessee, no início de janeiro. 09/01/2015 REUTERS/Kevin Lamarque