Portugal Telecom SGPS diz ter divulgado toda informação necessária para assembleia

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 09:31 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O Conselho de Administração da Portugal Telecom SGPS afirmou ter divulgado toda a informação necessária para os acionistas deliberarem sobre a venda da PT Portugal à Altice na crucial assembleia geral de quinta-feira.

Na véspera, a Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), órgão regulador de Portugal, disse entender que ainda havia aspectos a esclarecer em relação à fundamentação das decisões a serem tomadas na assembleia da PT SGPS e que competia ao Conselho da empresa informar os acionistas sobre esses aspectos.

Depois da tomada de posição do regulador, a PT SGPS reiterou que uma eventual dissolução dos contratos de fusão de negócios entre a Portugal Telecom e a operadora brasileira Oi conduziria a um "litígio de duração imprevisível", que levaria à destruição de valor.

"A PT SGPS reitera o entendimento que divulgou, no tempo adequado e em respeito às disposições legais aplicáveis, a informação preparatória da assembleia geral, não dispondo de informação adicional relativa ao ponto submetido à apreciação e deliberação dos senhores acionistas", afirmou a PT SGPS, em comunicado.

"Na assembleia geral, o Conselho de Administração não deixará de prestar aos senhores acionistas as informações e esclarecimentos devidos, nos termos do Código das Sociedades Comerciais", acrescentou.

No dia 12 de janeiro, os acionistas da PT SGPS adiaram a assembleia, complicando a venda dos ativos portugueses da PT Portugal aos franceses da Altice e lançando dúvidas sobre o projeto de fusão com a Oi.

Os papéis da PT SGPS têm enfrentado volatilidade devido à incerteza que ronda a assembleia, e fecharam na véspera em alta de 9,02 por cento após terem fixado nova mínima histórica na sessão anterior.

(Por Daniel Alvarenga)

 
Sede da Portugal Telecom (PT) em Lisboa. 13/07/2014 REUTERS/Hugo Correia