Brasil está no caminho certo para restaurar confiança, mas ainda precisa fazer mais, diz FMI

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 16:40 BRST
 

(Reuters) - A recuperação da confiança dos agentes econômicos leva tempo, mas o governo brasileiro está no caminho certo após a série de medidas fiscais anunciada recentemente, disse o diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental do FMI, Alejandro Werner.

"A confiança é difícil de se recuperar, mas as autoridades brasileiras começaram com o pé direito", disse ele a jornalistas, acrescentando que ainda há mais a ser feito.

"Nós acreditamos que todo o pacote está na direção correta, mas há mais a ser feito tanto no lado fiscal como em infraestrutura", disse.

Segundo o diretor do FMI, fatores como o baixo crescimento da economia brasileira, assim como a incerteza mundial pesaram para diminuir a confiança no Brasil.

Na terça-feira, o Fundo anunciou a revisão de suas projeções para o crescimento mundial. No caso do Brasil, cortou a estimativa para a expansão do PIB em 2015 em 1,1 ponto percentual, a 0,3 por cento.

PETRÓLEO

As recentes quedas nos preços do petróleo no mercado mundial podem acarretar em diminuição de investimentos no setor no Brasil, acrescentou o diretor.

"Se olharmos para outros países, empresas da área de petróleo têm revisado planos financeiros... o Brasil não deve escapar dessa realidade", disse, acrescentando que além da queda nos preços do petróleo, existem ainda as incertezas causadas pelas recentes denúncias envolvendo a Petrobras que podem influenciar o setor.   Continuação...