Gregos votam para decidir sobre austeridade e condições de resgate financeiro

domingo, 25 de janeiro de 2015 15:25 BRST
 

ATENAS (Reuters) - Os gregos votam neste domingo em eleições em que se espera vitória do partido de esquerda radical Syriza, que se comprometeu em renegociar condições impostas ao país por credores internacionais.

Uma vitória de Syriza implicará no primeiro governo da zona do euro abertamente comprometido com a eliminação das condições de austeridade estabelecidas no resgate pela União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Na Grécia, a democracia vai voltar", disse o líder do partido, Alexis Tsipras, após votar em Atenas. "A mensagem é que nosso futuro não é um futuro de austeridade."

A vitória de Syriza representará, ainda, outra sacudida na Europa, após o Banco Central Europeu (BCE) anunciar na semana anterior uma injeção de dinheiro no bloco da moeda única.

Após sua crise mais severa desde a queda da junta militar em 1974, a economia grega recuou cerca de 25 por cento, com uma dívida estimada em 175,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

(Reportagem de James Mackenzie y Angeliki Koutantou)