Cade aprova negócio da Anima Educação com norte-americana Whitney

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 08:24 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, acordo da Anima Educação para unir suas operações com as da norte-americana Whitney University System no Brasil, conforme despacho publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

Anunciado em meados de dezembro, o negócio previa a incorporação pela Anima da Universidade Veiga de Almeida (UVA), no Rio de Janeiro, e do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador.

No âmbito da transação, a Anima Educação divulgou à época que pagaria uma parcela inicial de 562,5 milhões de reais no fechamento do negócio, além de 212,5 milhões de reais através de notas promissórias com prazo de vencimento de 12 meses após essa data.

Adicionalmente, o acordo previa a emissão de 10.825.635 ações da companhia, de maneira que, após a incorporação dos novos papéis, os acionistas da Whitney deteriam 11,6 por cento da Anima.

(Por Marcela Ayres)