Aneel autoriza reforços em instalações de Furnas

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 09:27 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou Furnas, subsidiária da Eletrobras, a implantar reforços em instalações de transmissão de energia elétrica sob sua responsabilidade, conforme resolução publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

Na mesma resolução, a Aneel estabeleceu os valores das parcelas de Receita Anual Permitida (RAP) para empreendimentos da empresa.

No caso da subestação Foz do Iguaçu, a RAP é de 13,6 milhões de reais, com prazo para entrada em operação comercial de até 30 meses.

Para a subestação Campinas, a RAP é de 3,1 milhões de reais, com prazo de até 24 meses, enquanto para a subestação Brasília Geral a RAP combinada é de cerca de 8 milhões de reais, para entrada em operação comercial até 1o de julho de 2018.

A resolução foi publicada uma semana depois que um pico na demanda por energia e problema em um banco de capacitores de uma linha de transmissão de Furnas gerou um apagão orquestrado pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) que atingiu pelo menos 10 Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal.

(Por Marcela Ayres)