Philips tem lucro trimestral menor e deve descumprir metas nos próximos dois anos

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 09:52 BRST
 

AMSTERDÃ (Reuters) - A Philips, grupo holandês de iluminação e produtos médicos, divulgou nesta terça-feira forte queda no lucro do quarto trimestre e afirmou que é improvável que consiga cumprir suas metas financeiras nos próximos dois anos.

A companhia teve lucro de 134 milhões de euros no quarto trimestre ante resultado positivo de 412 milhões um ano antes, impactada pelo fechamento de uma fábrica de equipamentos médicos nos Estados Unidos.

"Eu não sabia que a Rússia iria entrar em colapso ou que a China iria desacelerar significativamente", disse o presidente-executivo, Frans van Houten, ao descrever a performance do grupo em 2014 a jornalistas.

As ações da Philips caíam mais de 5 por cento às 9h51 (horário de Brasília), ficando entre as maiores quedas do índice europeu FTSEurofirst 300

(Por Toby Sterling)