Conversa entre Obama e rei saudita não deverá focar em petróleo, diz assessor

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 11:39 BRST
 

DUBAI (Reuters) - O petróleo não deve ser um assunto prioritário na agenda do encontro nesta terça-feira entre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o novo rei da Arábia Saudita, Salman, disse a repórteres o vice-assessor de segurança nacional dos EUA, Ben Rhodes.

Obama chegou nesta terça à Arábia Saudita para prestar homenagem ao rei Abdullah, que morreu há poucos dias. Questionado sobre a questão do petróleo, Rhodes disse que "de maneira geral, francamente, nós temos este diálogo com os sauditas nos canais pelos quais nossos governos trabalham em políticas de energia".

"O petróleo só se torna um assunto para conversa de líder para líder geralmente quando há uma crise em particular. Portanto, petróleo e energia são certamente parte da nossa relação e do nosso contínuo diálogo com a Arábia Saudita. Não espero que o assunto esteja no alto da agenda hoje".

(Por Roberta Ramption)

 
Presidente dos EUA, Barack Obama, ao lado do rei saudita, Salman, após desembarcar em Riad. 27/01/2015 REUTERS/Jim Bourg