Setor de máquinas do Brasil vê impacto de redução de investimentos da Petrobras

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 16:11 BRST
 

Por Marcela Ayres

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria de máquinas e equipamentos no Brasil deve ver novo recuo no faturamento bruto em 2015 após sofrer o terceiro declínio consecutivo no ano passado, prevendo impacto para as empresas com a redução de investimentos da Petrobras.

Nesta quarta-feira, a petroleira indicou que deverá realizar menos investimentos no ano, respondendo a preocupações sobre uma eventual necessidade de captação de recursos diante do seu vultoso plano de investimentos, em um momento em que é penalizada no mercado pelos desdobramentos da operação Lava Jato.

Segundo o presidente-executivo da associação de máquinas e equipamentos Abimaq, José Velloso, o movimento da Petrobras deve acarretar "impacto muito grande" para as fabricantes do setor, muitas das quais já estão sofrendo com contas não pagas por empresas contratados pela petroleira, em função principalmente de impasses sobre aditivos de contratos.

A Abimaq estima que cerca de 120 fabricantes de máquinas estejam tendo problemas sérios com inadimplência nesse contexto, sendo que 30 empresas relataram à entidade terem cerca de 200 milhões de reais a receber.

A associação tem reunião marcada com a presidente da Petrobras, Graça Foster, para discutir o assunto no dia 4 de fevereiro.

DESEMPENHO ANUAL

  Continuação...