Bolsas da Ásia recuam após Fed surpreender investidores

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 07:19 BRST
 

Por Lisa Twaronite e Hideyuki Sano

TÓQUIO (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia ampliaram perdas nesta quinta-feira depois que o Federal Reserve adotou uma visão otimista sobre a economia dos Estados Unidos e sinalizou que continua firme no caminho de elevar a taxa de juros do país neste ano, apesar do cenário global incerto.

A maior probabilidade de taxa de juros mais alta nos EUA este ano ajudou os índices acionários da Ásia a seguir Wall Street a território negativo.

O Fed, banco central norte-americano, afirmou que acontecimentos internacionais serão levados em consideração, mas destacou que a queda dos preços de energia aumentou o poder de compra das famílias mesmo reconhecendo a queda em certas medidas de inflação.

Às 7h16 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão tinha queda de 1,23 por cento.

O índice japonês Nikkei fechou com recuo de 1,06 por cento, maior queda em um dia em duas semanas.

Para ampliar o cenário de fraqueza, os mercados de ações na China recuaram depois que as agências de notícias oficial Xinhua informou que o regulador acionário do país vai inspecionar corretoras que emprestam dinheiro a investidores para especular com ações. Há preocupações de que os mercados acionários da China estão ficando com excesso de alavancagem e vulneráveis a uma quebra que pode afetar o sistema financeiro.