JBS expande fábrica de processamento de carne bovina em Utah

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 20:02 BRST
 

CHICAGO (Reuters) - A JBS USA, uma divisão da brasileira JBS, uma das maiores processadoras de carne dos Estados Unidos, disse nesta quinta-feira que vai expandir suas instalações de processamento de carne bovina no Estado de Utah, mesmo diante do movimento contrário de alguns rivais, que têm fechado algumas fábricas devido à baixa disponibilidade de gado.

O projeto chama atenção porque os rebanhos dos EUA têm decrescido para o seu menor tamanho desde 1951, fazendo com que se torne difícil para as processadoras de carne bovina encontrarem um fornecimento adequado.

A companhia disse que planeja concluir a expansão no primeiro semestre de 2016. São esperadas a soma de mais cabeças de gado aos rebanhos até lá, à medida que os produtores recomponham seus rebanhos.

A JBS vai gastar 75 milhões de dólares para aumentar a produção de sua fábrica em Hyrum, no Utah, melhorando a produtividade das instalações e expandindo a oferta de produtos de carne bovina em cortes e moída, de acordo com o comunicado.

A fábrica de 79 anos processa aproximadamente 500 mil cabeças de gado por ano, e a expansão vai aumentar a produção em mais 400 cabeças por dia, disse a nota.

A planta da JBS no Utah exporta cerca de 20 por cento de sua produção e encontra-se "em uma localização ideal para a expansão servir ao sempre crescente mercado do oeste dos EUA", disse o presidente da JBS USA Beef, Bill Rupp, em comunicado.

(Reportagem de Tom Polansek e Theopolis Waters em Chicago)