Usinas da Índia elevam estimativa de produção de açúcar 2014/15 para 26 mi t

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 11:24 BRST
 

NOVA DÉLHI (Reuters) - A Índia deverá produzir 26 milhões de toneladas de açúcar na atual temporada, que termina em 30 de setembro, alta de 4 por cento ante estimativa anterior, disse nesta sexta-feira a Associação das Usinas Indianas de Açúcar (Isma, na sigla em inglês).

O quinto ano seguido de excedente de produção no maior consumidor de açúcar do mundo tem pressionado os preços domésticos.

As cotações podem cair ainda mais, a menos que o governo dê incentivos para as exportações de açúcar bruto, disse o presidente da Isma, A. Vellayan.

"Os incentivos à exportação deveriam ser anunciados o quanto antes, já que Tailândia e Paquistão já o fizeram", afirmou.

Tailândia e Paquistão competem com a Índia para vender açúcar bruto para refinarias da Ásia e da África, para a produção de açúcar branco.

Fontes do governo disseram no início do mês que a Índia está avaliando dar 4 mil rúpias por tonelada em subsídios para as exportações de açúcar bruto, ante 3,3 mil rúpias no ano passado.

Os incentivos ajudaram as exportações de açúcar bruto da Índia no ano passado e usinas têm esperado as notícias sobre subsídios para este ano desde o início da temporada de moagem, em outubro.

Executivos da indústria disseram que o atraso pode cortar pela metade as exportações de açúcar da Índia em 2014/15.

A Isma havia previsto anteriormente produção de 25 milhões a 25,5 milhões de toneladas de açúcar. No entanto, uma maior produção do Estado de Maharashtra, no oeste, e de Karnataka, no sul, levaram à nova estimativa, disse Vellayan.

A Isma estimou o consumo doméstico este ano em 24,7 milhões a 24,8 milhões de toneladas.

(Por Ratnajyoti Dutta)