Governo de SP lança licitação para interligar Cantareira à bacia Paraíba do Sul

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 16:53 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo do Estado de São Paulo lançou nesta sexta-feira licitação para interligar o Sistema Cantareira com a bacia do rio Paraíba do Sul, que já abastece o Rio de Janeiro. A obra tem prazo 18 meses e orçamento de 830 milhões de reais.

Segundo a companhia de água e saneamento do Estado de São Paulo, Sabesp, o empreendimento permitirá captação de água na represa Jaguari, na bacia do Paraíba do Sul, e a transferência para a represa Atibainha, do Cantareira.

A vazão média prevista é de 5.130 litros por segundo e o sistema permitirá a transferência de água no sentido contrário, da represa Atibainha para a Jaguari.

A Sabesp não pode informar de imediato o nível atual de armazenamento da represa Jaguari, mas segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o reservatório está com 1,79 por cento da capacidade ocupada. Enquanto isso, outras represas do rio Paraíba do Sul, como Paraibuna e Santa Branca, estão com nível zero, segundo o ONS.

Procurado, o governo do Estado de São Paulo não comentou o assunto.

A licitação envolve uma adutora com 13,5 quilômetros de extensão e uma adutora em túnel com 6,5 quilômetros de extensão, informou a Sabesp. O sistema será composto ainda por uma estação elevatória (de bombeamento), subestação elétrica e outros equipamentos.

"A interligação é uma medida importante para enfrentar a pior seca da história do Sudeste. A intervenção está prevista no Plano da Macrometrópole, que lista as obras necessárias para garantir o abastecimento nas próximas décadas para a Grande São Paulo, Região Metropolitana de Campinas, Baixada Santista e Vale do Paraíba. Sua execução é essencial diante da crise hídrica", afirmou a Sabesp.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

 
Carro aparece no solo seco da represa de Atibainha  em Nazaré Paulista 17/10/2014.  REUTERS/Nacho Doce