Ações da Petrobras atingem menor valor em 10 anos após Moody's cortar ratings

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 20:43 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Petrobras fecharam nesta sexta-feira com a menor cotação em mais de 10 anos, após a agência de classificação de risco Moody's rebaixar todos os ratings da estatal envolvida em um grande escândalo de corrupção.

As ações preferenciais da Petrobras recuaram 6,5 por cento, a 8,18 reais, no menor nível de fechamento desde setembro de 2004. A ação ordinária recuou 5,1 por cento para a menor cotação desde maio de 2004, a 8,04 reais.

A Moody's cortou os ratings da estatal na noite de quinta-feira, citando preocupações com investigações sobre corrupção e possível pressão sobre a liquidez da companhia em função de atraso na divulgação de resultados financeiros auditados.

Moody's manteve os ratings em revisão para rebaixamento adicional.

"Repercute a possibilidade da nota de crédito da empresa ser rebaixada à frente, e chegar a perder o chamado grau de investimento", disse a Guide Investimentos em relatório. Segundo a

Desde a divulgação na quarta-feira dos resultados do terceiro trimestre sem as esperadas baixas contábeis relativas ao escândalo de corrupção, os papéis preferenciais da estatal perderam 19,6 por cento, ou quase 2 reais.

(Por Marcela Ayres e Priscila Jordão)

 
29/01/ 2015. REUTERS/Sergio Moraes