Planalto informou Graça que ela sairá da Petrobras, diz Folha; governo nega

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015 12:14 BRST
 

(Reuters) - A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, foi informada pelo Palácio do Planalto que será substituída, disse nesta terça-feira o site do jornal Folha de S.Paulo, sem citar fontes.

Segundo a publicação, a presidente Dilma Rousseff está convencida de que a posição da executiva é "insustentável", depois da divulgação na semana passada do balanço não auditado da companhia no terceiro trimestre de 2014 citando avaliações internas de que 88 bilhões de reais em ativos estariam supervalorizados devido a corrupção e falhas administrativas.

O Palácio do Planalto negou a saída da presidente da Petrobras, segundo a sua Secretaria de Imprensa.

Procurada, a Petrobras não comentou imediatamente a informação.

As ações da Petrobras ampliaram a alta nesta terça-feira após a notícia, chegando a subir mais cedo quase 10 por cento, no caso das preferenciais.

Às 12h21, o papel PN operava com ganhos de 8,3 por cento, cotadas a 9,38 reais, enquanto as ações ordinárias avançavam 7,7 por cento, a 9,23 reais.

No mesmo horário, o Ibovespa subia 1,8 por cento.

(Por Gustavo Bonato, em São Paulo, com reportagem adicional de Marta Nogueira, no Rio de Janeiro, e Jeferson Ribeiro, em Brasília)