Sony reduz projeção de prejuízo após forte 3º tri, vê mais vendas de sensores

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 08:51 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A Sony informou que seu prejuízo líquido anual provavelmente será menor que o estimado, depois que cortes de custos e vendas maiores que o esperado de sensores de imagem e consoles PlayStation ajudaram o lucro do terceiro trimestre a superar estimativas.

A empresa isse nesta quarta-feira que os resultados preliminares mostraram que o lucro operacional dobrou para 178,3 bilhões de ienes (1,52 bilhão de dólares) no trimestre de outubro a dezembro, enquanto as vendas cresceram 6 por cento, para 2,56 trilhões de ienes.

O número ficou muito acima do lucro operacional de 96,6 bilhões de ienes, sobre vendas de 2,38 trilhões, esperados por analistas, segundo dados da Thomson Reuters.

A Sony também projetou prejuízo líquido preliminar de 170 bilhões de ienes para o ano inteiro, melhor que a projeção feita em outubro, que estimava resultado negativo de 230 bilhões para o ano. O ano fiscal atual termina em 31 de março.

A companhia disse que adiará o anúncio oficial dos resultados do terceiro trimestre fiscal uma vez que seu estúdio em Hollywood enfrenta dificuldades para se recuperar da invasão maciça contra seus sistemas de computadores. A companhia, que passa por uma reestruturação, informou nesta quarta-feira que o presidente-executivo, Kazuo Hirai, anunciará uma "nova estratégia de negócios" em 18 de fevereiro.

Após perder terreno para rivais mais agéis como Apple e Samsung, a Sony tem se apoiado em divisões de jogos e dispositivos eletrônicos para compensar parcialmente a fraqueza na unidade de telefonia celular.

Ao contrário de seus smartphones, os sensores de imagem da Sony, usados em câmeras de smartphones, despontaram como uma das linhas de produto com melhor desempenho da companhia nos últimos trimestres.