Wall St fecha em baixa por petróleo e renovação de preocupações com a Grécia

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 20:48 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 e o Nasdaq fecharam em queda nesta quarta-feira após dois dias de altas, acompanhando a queda nos preços do petróleo e com os investidores retomando as preocupações com a zona do euro nos últimos minutos da sessão.

O índice Dow Jones teve leve variação positiva de 0,04 por cento, a 17.673 pontos, enquanto o S&P 500 teve perda de 0,42 por cento, a 2.041 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 0,23 por cento, a 4.716 pontos.

O S&P ampliou as perdas no fim da sessão, após o Banco Central Europeu (BCE) cancelar abruptamente sua aceitação de títulos gregos em troca de financiamento. A medida significa que o banco central grego terá que fornecer dezenas de bilhões de euros em liquidez emergencial adicional aos seus bancos nas próximas semanas.

"Isto praticamente reafirma o que nós pensávamos há algum tempo, que haverá uma crise de liquidez se não resolverem esta situação grega", disse o operador sênior de ações da Cabrera Capital Markets Inc Larry Peruzzi.

As ações do Global X FTSE caíram 10,4 por cento, com o volume subindo no final da sessão para 1,2 milhão de ações, o dobro da média móvel de 50 dias. O euro também caiu após a notícia, enquanto o índice financeiro do S&P entrou em território negativo no fim da sessão, terminando em queda de 0,3 por cento.

O Dow Jones terminou em território positivo, sustentado pelas ações da Walt Disney. Os papéis da empresa subiram 8 por cento, para 101,64 dólares, depois que o lucro trimestral superou as expectativas dos analistas.

O índice de energia do S&P 500 caiu 1,6 por cento, acompanhando os preços do petróleo, que recuaram após quatro dias de ganhos que acumularam quase 20 por cento. O petróleo nos EUA caiu 8,7 por cento e fechou a 48,45 dólares após uma nova alta nos estoques de petróleo dos EUA.