Ministros das Finanças da Grécia e Alemanha se contradizem nas primeiras conversas

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 11:35 BRST
 

BERLIM (Reuters) - Os ministros das finanças da Grécia e da Alemanha "não conseguiram nem mesmo concordar em discordar" durante reunião nesta quinta-feira sobre os planos do novo governo em Atenas para renegociar a dívida grega e paralisar as medidas de austeridade determinadas por Berlim, disse o ministro grego, Yanis Varoufakis.

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schaeuble, disse depois das conversas em Berlim com Varoufakis que eles tinham visões diferentes mas que tinham concordado em discordar. No entanto, o grego o desmentiu diretamente na coletiva de imprensa conjunta.

"Não concordamos nem mesmo em discordar", disse Varoufakis, acrescentando que eles não discutiram o cronograma de pagamento da dívida grega ou a possibilidade de "corte" na dívida, mas discutiram a proposta de Atenas de "programa ponte" que duraria até maio.

(Por Stephen Brown, Michelle Martin e Caroline Copley)