Usina de Uruguaiana deve voltar a gerar até fim do mês, diz fonte

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 11:45 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A usina termelétrica de Uruguaiana, do grupo AES, deve voltar a gerar energia para o sistema até o final deste mês, disse à Reuters uma fonte do governo federal a par do assunto.

Segundo essa mesma fonte e outro interlocutor que esteve na quarta-feira na reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), o colegiado formalizou seu aval para que sejam levadas adiante as negociações com a Argentina, para uso do duto, e com fornecedores para viabilizar a compra do Gás Natural Liquefeito (GNL) para a térmica, localizada no Rio Grande do Sul.

A expectativa é que a usina, que tem capacidade para 640 megawatts (MW) gere com 240 MW, por conta de limites na disponibilidade do gasoduto argentino que está conectado à usina.

A ideia, ao religar a usina, é conseguir mais energia para ajudar no esforço de economia de água nos reservatórios das hidrelétricas, que estão em nível baixo por conta das chuvas abaixo da média, principalmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

(Reportagem de Leonardo Goy)