Dólar fecha quase estável, a R$2,74, atento a Petrobras e Grécia

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 17:03 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou perto da estabilidade nesta quinta-feira, sustentando-se perto das máximas em quase uma década diante de apreensão sobre a possibilidade de a Grécia deixar a zona do euro e a sucessão na Petrobras, mas operações de ajustes de portfólio após a expressiva alta das últimas sessões limitaram os ganhos.

A moeda norte-americana teve variação negativa de 0,02 por cento, a 2,7415 reais na venda, após chegar a 2,7625 reais na máxima da sessão e 2,7220 reais na mínima do dia. Com isso, permaneceu na região das máximas de fechamento em quase dez anos, que renovou na sessão passada.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,5 bilhão de dólares.

(Por Bruno Federowski)