Wall St sobe com recuperação do setor de energia e negócio da Pfizer

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 20:53 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quinta-feira impulsionados pela recuperação de ações do setor de energia, que acompanharam a alta dos preços do petróleo, e com a notícia de que a farmacêutica Pfizer irá comprar a Hospira.

O índice Dow Jones subiu 1,2 por cento, a 17.884 pontos, enquanto o S&P 500 teve ganho de 1,03 por cento, a 2.062 pontos. O Nasdaq subiu 1,03 por cento, a 4.765 pontos.

O índice de energia do S&P subiu 1,5 por cento, conforme os preços do petróleo se recuperaram. O petróleo nos EUA subiu 4,2 por cento e fechou a 50,48 dólares, por conta do aumento da violência na Líbia e da esperada alta na demanda de petróleo a partir de flexibilização do banco central da China.

Algumas preocupações da zona do euro diminuíram também. A Grécia propôs um programa de transição até o final de maio para dar tempo para negociar a dívida, prometendo fazer tudo ao seu alcance para evitar um calote.

Na quarta-feira, o Banco Central Europeu (BCE) abruptamente disse que iria parar de aceitar títulos gregos em troca de financiamentos.

"O mercado está tentando entender o que está acontecendo na Grécia. Havia uma expectativa que poderia explodir. Agora, certamente, a curto prazo parece que nós não teremos grandes problemas", disse o diretor de investimentos da Commonwealth Financial Brad McMillan.

Com o desempenho do dia, o S&P 500 voltou ao território positivo no ano depois de dias de volatilidade, em grande parte impulsionado por movimentos dos preços do petróleo.

As ações da Pfizer ficaram entre as maiores influências positivas do S&P 500, depois que a empresa informou que irá comprar a Hospira por cerca de 15 bilhões de dólares, para ampliar seu portfólio de drogas injetáveis genéricas e cópias de medicamentos biotecnológicos. Os papéis da Hospira dispararam 35,2 por cento, para 87,64 dólares, sendo a maior alta percentual do S&P 500. As ações da Pfizer subiram 2,9 por cento, a 32,99 dólares.

Somando-se o tom otimista, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram menos que o esperado na semana passada.