Siemens cortará 2% da força de trabalho em reestruturação

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 07:55 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - O grupo industrial alemão Siemens planeja cortar 7.800 postos de trabalho em todo o mundo, ou cerca de 2 por cento de sua força de trabalho, para completar uma ampla reestruturação da empresa, disse nesta sexta-feira.

Cerca de 3.300 empregos serão cortados na Alemanha, onde o grupo que fabrica de trens a turbinas emprega 115 mil pessoas.

A Siemens disse que os cortes iriam fazê-la economizar cerca de 1 bilhão de euros (1,14 bilhão de dólares), montante que reinvestirá para crescimento.

Uma fonte familiarizada com o assunto disse na quinta-feira que a Siemens planejava cortar mais de 7.000 postos de trabalho.

(Por Georgina Prodhan)