Aneel propõe aumento em taxa de retorno para novos projetos de transmissão de energia

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 12:39 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta sexta-feira uma elevação na taxa de retorno para novos projetos de transmissão em leilões, ao sugerir um custo médio ponderado de capital (WACC, na sigla em inglês) entre 7,3 a 7,8 por cento.

A proposta da agência fica em audiência pública entre 9 de fevereiro e 2 de março. Atualmente, o WACC praticado é de 5,5 por cento.

Com isso, a agência aumenta a taxa de retorno nos próximos leilões para novos investimentos em transmissão, o que pode torná-los mais atrativos.

Nos últimos leilões de transmissão, diversos lotes acabaram deixando de ser concedidos, por falta de investidores interessados.

Na terça-feira passada, a agência já havia aprovado o aumento da taxa de retorno sobre os investimentos das distribuidoras, a ser considerado no quarto ciclo de revisão tarifária das empresas. O WACC para as distribuidoras passou de 7,5 por cento para 8,09 por cento.

(Por Leonardo Goy)