Opep: queda de preço atinge outros produtores mais rapidamente que o esperado

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 10:26 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Opep elevou drasticamente a previsão de demanda por seu próprio petróleo em 2015, afirmando que a redução pela metade dos preços desde junho deve retardar a produção nos Estados Unidos e em outros países mais rapidamente do que se pensava antes.

Em um relatório mensal divulgado na segunda-feira, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) estimou a demanda pelo petróleo do grupo em 29,21 milhões de barris por dia (bpd) em média em 2015, um aumento de 430 mil bpd ante sua estimativa anterior.

De outro lado, a Opep reduziu sua previsão para o crescimento da oferta de não integrantes da organização em 420 mil bpd, para 850 mil bpd, em parte devido a uma desaceleração no crescimento da produção não convencional dos EUA e menores investimentos por parte das empresas de energia, argumentando que os preços mais baixos também irão impulsionar o consumo.

"(A menor oferta de fora da Opep é) devido, principalmente, aos anúncios de cortes de gastos de capital para 2015 por parte de companhias internacionais de petróleo, bem como à diminuição do número de sondas de perfuração ativas nos EUA e Canadá", disse.

A Opep reduziu sua previsão de oferta total de petróleo nos EUA em 2015 em 170 mil barris/dia, tendo já baixado em 100 mil bpd no mês passado.

(Reportagem de David Sheppard; reportagem adicional de Himanshu Ojha e Ron Bousso)