Santander Brasil tem exposição a empresas da Lava Jato, mas está confortável, diz CFO

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 17:58 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Santander Brasil tem grande exposição a empresas envolvidas na investigação Lava Jato, da Polícia Federal, mas está confortável com seu modelo de risco, afirmou o vice-presidente de finanças da instituição, Angel Santodomingo.

"É claro que temos grande exposição. Não podia ser diferente. É o mesmo para todo grande banco", disse o executivo a analistas e investidores, sem detalhar a exposição às empresas envolvidas na investigação que apura denúncias de corrupção na Petrobras.

Segundo ele, não há tendência de alta de inadimplência no Brasil em 2015, mesmo com estagnação econômica do país.

(Por Aluísio Alves)