Lucro do japonês SoftBank no 3º tri cai 5,9%, pressionado por custos da Sprint

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 09:56 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - O japonês SoftBank divulgou que o lucro operacional do terceiro trimestre fiscal caiu quase 6 por cento, ficando abaixo de estimativas do mercado, à medida que a ambiciosa companhia de telecomunicações móveis continua a absorver o custo de tentar reformular a unidade norte-americana Sprint.

O SoftBank, que lançou a aquisição inesperada da terceira maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos por mais de 20 bilhões de dólares em 2012, disse nesta terça-feira que seu lucro operacional para o período de outubro a dezembro ficou em 191,4 bilhões de ienes (1,6 bilhão de dólares), queda ante 203,4 bilhões de ienes um ano antes.

O número ficou abaixo da estimativa média entre cinco analistas de 219,1 bilhões de ienes, compilada pela Thomson Reutes StarMine.

A Sprint, da qual o SoftBank tem 80 por cento, agora está travando uma concorrência intensa e que mina os lucros com as rivais maiores AT&T e Verizon. O SoftBank comprou o negócio para crescer fora da economia lenta do Japão, mas a Sprint passou por uma longa renovação de sua rede, cortando milhares de empregos e causando um êxodo em massa de assinantes.

"No geral, o SoftBank está bem, mas com a Sprint... numa situação difícil, acredito que (a companhia) terá uma longa batalha para enfrentar", disse o presidente-executivo da terceira maior operadora de telefonia móvel do Japão em número de assinantes, Masayoshi Son, em Tóquio.

A Sprint divulgou anteriormente neste mês que a receita para o trimestre encerrado em dezembro caiu menos que o esperado, conforme a operadora atraiu mais assinantes através de cortes de preços e promoções. Mesmo assim, o prejuízo líquido da Sprint mais que dobrou para 2,38 bilhões de dólares.

(Por Teppei Kasai)