Daimler mira crescimento de pelo menos 10% nas vendas na China neste ano

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 11:39 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A montadora alemã de carros de luxo Daimler tem como meta um crescimento mínimo de 10 por cento nas vendas neste ano, disse o chefe da companhia para a China, Hubertus Troska, para repórteres em Pequim nesta terça-feira.

Troska disse em dezembro que a marca Mercedes-Benz da companhia pode vender bem mais de 300 mil carros na China para 2015. As vendas da Mercedes cresceram 30 por cento em 2014.

Fontes disseram à Reuters no mês passado que a Daimler pagou quase 1 bilhão de iuanes (160 milhões de dólares) em subsídios a concessionárias da Mercedes baseadas na China após elas não conseguirem cumprir metas de vendas agressivas para 2014 impostas pela companhia.

As rivais alemãs Audi e BMW fizeram desembolsos similares a concessionárias que tiveram crescimento de vendas mais fraco à medida que a economia chinesa desacelera e o maior mercado automotivo do mundo amadurece.

(Por Jake Spring e Norihiko Shirouzu)