FMI pode ter sido pessimista demais ao prever crescimento em 2015, diz economista-chefe

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 13:15 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - O Fundo Monetário Internacional pode ter sido pessimista demais ao rebaixar a projeção de crescimento global em 2015, em parte em função dos benefícios do enfraquecimento do euro, disse nesta terça-feira o economista-chefe do FMI, Olivier Blanchard.

"Eu acho que nossas projeções foram provavelmente um pouco pessimistas", especialmente sobre o efeito positivo da queda dos preços do petróleo, afirmou ele sobre as previsões do FMI divulgadas no mês passado. "Talvez elas devessem ser um pouco mais otimistas", acrescentou. [nL1N0UZ0FM]

Falando em conferência em Nova York, ele acrescentou: "Acho que estamos vendo alguma chance de melhora, particularmente na Europa, devido à depreciação do euro".

(Reportagem de Jonathan Spicer)