Rússia e China ofereceram ajuda econômica à Grécia, diz ministro

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 18:52 BRST
 

ATENAS (Reuters) - Rússia e China ofereceram apoio econômico à Grécia, embora o governo grego não tenha pedido, disse nesta terça-feira o vice-chanceler grego, Nikos Chountis, sem dar detalhes.

"Houve propostas, ofertas, eu diria, da Rússia recentemente, após a eleição, para apoio econômico, bem como da China, para ajuda, possibilidades de investimento", Chountis disse a uma rádio grega.

"Nós não pedimos isso. Está sobre a mesa. Estamos discutindo isso", disse ele.

Atenas tem até agora descartado recorrer à ajuda da Rússia, uma vez que busca um acordo com os parceiros europeus para evitar uma grave crise de financiamento, embora o ministro da Defesa, Panos Kammenos, tenha sugerido mais cedo que a Grécia pode sempre procurar ajuda em outro lugar.

O ministro das Relações Exteriores grego, Nikos Kotzias, deve visitar a Rússia na quarta-feira.

Chountis disse que apesar de Atenas não estar excluindo fontes alternativas de ajuda, a sua prioridade é "esgotar todas as opções" para chegar a um acordo com os seus parceiros europeus.

(Reportagem de Karolina Tagaris)

 
Bandeira nacional da Grécia na Acrópole, em Atenas, nesta terça-feira. 10/02/2015 REUTERS/ Alkis Konstantinidis