Valor de R$88bi não é indicativo de baixa contábil da Petrobras, diz Bendine

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 21:47 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O valor de 88 bilhões de reais citado pela Petrobras no balanço do terceiro trimestre não é indicativo das baixas contábeis que a empresa terá que fazer, disse nesta terça-feira o recém-empossado presidente da petroleira estatal, Aldemir Bendine, em entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo.

"Nós estamos reavaliando uma série de ativos e as metolodogias empregadas. A gente há que separar e deixar bem claro, que esse balanço vai refletir a situação atual da empresa em 2014. Ela pode estar sendo influenciada sim pela corrupção, mas também por uma série de outras variáveis, como o preço da commodities", disse na entrevista

Bendine, que assumiu na sexta-feira em lugar de Maria das Graças Foster, disse ainda que o importante para empresa agora é a gestão de caixa e financeira, embora tenha observado que não considera elevado o endividamento da companhia.

(Por Aluisio Alves)