Glencore fará cisão de fatia na Lonmin e cortará gastos devido a queda em preços

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 12:53 BRST
 

CIDADE DO CABO (Reuters) - A mineradora e trader de commodities Glencore (GLEN.L: Cotações) vai fazer a cisão de sua fatia na atribulada produtora de platina Lonmin LMI.L e cortará os investimentos para aguentar uma queda nos preços de commodities, anunciou a companhia nesta quarta-feira.

Como as concorrentes, a Glencore foi impactada por uma derrocada nos preços de commodities como cobre, carvão e petróleo nos últimos meses. As ações da companhia caíram cerca de 9 por cento neste ano.

"O que isso me parece é que Ivan (Glasenberg, presidente-executivo da Glencore) está tentando se adiantar à história novamente, tentando aparentar ser proativo e fazer os outros parecerem reativos", disse o analista da Bernstein Paul Gait, que tem recomendação de "desempenho acima da média do mercado" para a empresa.

Respondendo ao que chamou de um "cenário de mercado volátil", a suíça Glencore disse que irá cortar investimentos "de ampliação e sustentação" neste ano para entre 6,5 bilhões de dólares e 6,8 bilhões de dólares, com reduções em todos seus negócios. Em dezembro, a companhia havia estimado investimentos de 7,9 bilhões de dólares neste ano.

A Glencore também anunciou que distribuirá sua fatia de 23,9 por cento na Lonmin a acionistas na primeira metade deste ano. A companhia já havia sinalizado que alienaria a participação, herdada por meio da compra da Xstrata em 2013, uma vez que platina não é uma das commodities que negocia.

(Por Silvia Antonioli)