Grécia fará "tudo que puder" para chegar a acordo com UE, diz porta-voz

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015 08:58 BRST
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia fará todos os esforços para alcançar um acordo com seus parceiros da zona do euro em um encontro, na segunda-feira, entre os ministros da Finanças da região sobre como fazer a transição para um novo programa de apoio ao país, disse o porta-voz do governo grego nesta sexta-feira.

"Vamos fazer tudo que pudermos para que haja um acordo na segunda-feira", disse Gabriel Sakellaridis à emissora de TV Skai. "Se não chegarmos a um acordo na segunda, acreditamos que sempre há tempo, então não será um problema."

A Grécia acertou na quinta-feira realizar conversações com seus credores sobre a forma de deixar a ajuda internacional odiada no país, em um recuo político que pode evitar que o novo governo de esquerda grego fique sem recursos já no próximo mês.

O primeiro-ministro, Alexis Tsipras, participando de sua primeira cúpula da União Europeia, acertou com o presidente do grupo de ministros das Finanças da zona do euro, Jeroen Dijsselbloem, que autoridades gregas vão se reunir com representantes da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu e do FMI nesta sexta.

"O objetivo é que a equipe de negociação de assuntos técnicos finalize uma proposta que será levada ao grupo de trabalho do euro ao meio-dia de segunda, e depois, à tarde, ao Eurogrupo para se encontrar uma solução", afirmou Sakellaridis e TV Greek Mega.

O porta-voz disse que as discussões sobre questões técnicas vão começar nesta sexta, mas reiterou que Atenas ainda se opõe à implementação de reformas que ampliem a austeridade e enfraqueçam a estrutura social do Estado.

(Reportagem de George Georgiopoulos e Angeliki Koutantou)