Berkshire, de Warren Buffett, aumenta fatia em Deere e vende ações da Exxon

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015 11:24 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Berkshire Hathaway de Warren Buffett revelou nesta terça-feira uma fatia de 5 por cento na fabricante de equipamentos agrícolas Deere & Co, e disse que se desfez de um investimento de 3,74 bilhões de dólares na petroleira Exxon Mobil à medida que os preços do petróleo cairam.

As mudanças estão entre as várias que a Berkshire fez em seus investimentos em ações ordinárias no quarto trimestre, segundo documento enviado à norte-americana Securities and Exchange Commission (SEC) detalhando os investimentos em ações domésticas do conglomerado em 31 de dezembro.

A Berkshire começou a acumular a maior parte de sua fatia de 17,1 milhões de ações na Deere, valendo 1,51 milhão de dólares no fim do ano, no terceiro trimestre de 2014, mas não havia revelado a participação ainda. A SEC normalmente deixa Buffett acumular grandes participações discretamente para deter outros que queiram copiá-lo.

A Deere não quis comentar.

A decisão da Berkshire de vender toda sua fatia de 41 milhões de papéis na Exxon Mobil é incomum para a Berkshire pois a participação foi adquirida recentemente, em 2013.

As ações da Exxon tiveram desempenho melhor que muitas rivais nos últimos meses, perdendo apenas 15 por cento do valor de junho do ano passado até janeiro deste ano à medida que os preços do petróleo se desvalorizaram em mais da metade.

O motivo de Buffett ter azedado em relação à Exxon não estava claro, ou se a Berkshire fez dinheiro com o investimento.

A Exxon Mobil não quis comentar.

(Por Luciana Lopez e Jonathan Stempel)