Airbus está em conversas com empresa indiana sobre joint venture para helicópteros

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 09:17 BRST
 

BENGALURU (Reuters) - A Airbus Helicopters disse nesta sexta-feira que está em conversas com a indiana Mahindra and Mahindra, a Reliance Industries e o Tata Group para fabricar helicópteros militares de forma conjunta, a fim de atender regras que visam ajudar a nascente indústria de defesa indiana.

A companhia, unidade da Airbus, está oferecendo fabricar o helicóptero leve AS550 Fennec e o médio EC725 para as Forças Armadas da Índia, que são muito dependentes de uma frota cada vez mais antiga de helicópteros Cheetah e Chetak.

"Estamos no processo de seleção, falando com diferentes indústrias para formar uma joint venture", disse à Reuters o executivo sênior da Airbus Helicopters Rainer Farid, durante evento do setor aéreo em Bengaluru nesta sexta-feira.

Sob a iniciativa "Fabrique na Índia" do primeiro-ministro Narendra Modi, empresas estrangeiras acostumadas a vender diretamente para Nova Délhi devem formar parcerias com companhias locais e transferir uma parte maior do trabalho para ajudar a cultivar a nascente indústria de defesa local.

No ano passado, a Índia descartou a aquisição planejada de 197 helicópteros leves para que pudesse lançar uma nova concorrência reservada para companhias domésticas que formarem joint ventures com fornecedores estrangeiros.

(Por Sweta Singh e Tommy Wilkes)